Dilma lá, Wellington cá

30/08/2014 - 11:15

Regina-Dilma-e-Wellington blog elisabeth sá

 

O senador Wellington Dias não pode fingir que nada acontece no plano superior, no cenário nacional. Não há mais como negar a situação delicada de Dilma Rousseff com reflexos na sua candidatura. Afinal, como vai prometer apoio do Governo Federal para ações futuras sem essa garantia real ?

Há poucos Dias, o blog questionava a postura do candidato pela forma tímida como faz campanha para Dilma Rosseff, preferindo atrelar sua imagem ao ex-presidente Lula. Naquele momento, foi feito o alerta de que Dias, agindo assim, poderia contribuir para seu partido perder a “galinha dos ovos de ouro”, o Governo Federal.

A queda de Dilma foi detectada no Piauí? A campanha atrelada à Dilma prejudicará Wellington? O que fazer desfazer a rejeição a Dilma? Agora, mais do que nunca, será preciso reavaliar a estratégia.

A pesquisa Datafolha

30/08/2014 - 10:53

Pesquisa Datafolha 290814 blog elisabeth sa

 

O levantamento feito pelo Instituto Datafolha sobre a corrida presidencial já colocou a candidata Marina Silva em situação de empate com a presidenta Dilma Rousseff, sendo que ambas aparecem com 34% das intenções de voto. Na última pesquisa, divulgada dia 18 de agosto, Dilma tinha 36% e Marina 21%. Sim, a socialista cresceu incríveis 13 pontos em 11 dias. Aécio Neves caiu de 20% para 15% na preferência do eleitor.

O baque maior vem com a simulação do segundo turno entre Dilma e Marina. Os números não só confirmaram o favoritismo da substituta de Eduardo Campos, como mostraram uma vantagem de 10 pontos em cima da presidenta. Marina alcançou 50% contra 40% da presidente. Na pesquisa anterior, Marina tinha 47% e Dilma, 43%.

O Datafolha fez 2.874 entrevistas em 178 municípios nestas quinta (28) e sexta (29). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo” e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014.

Marina é onda ou tsunami?

30/08/2014 - 10:01

 

Marina Silva Abel Costa Caricaturas blog elisabeth sá

 

Tem um dito popular que mais parece uma pegadinha quando se olha para o cenário da sucessão presidencial. É quando este diz que não tem nada ruim que não possa piorar um pouco mais. Pois justamente este balde de água fria, sem participar do desafio do gelo, que foi jogado sob o PT na última semana, com a divulgação de duas novas pesquisas – Ibope e Datafolha. Esta última, levada ao conhecimento na noite de ontem, revela todo o seu impacto na manhã deste sábado e os resultados já na próxima semana.

A expectativa é de que o curso da campanha tome um novo rumo já nas próximas horas. A estratégia tucana, por exemplo, é evitar que Aécio Neves perca ainda mais com a eventual saída dos palanques estaduais e, com isso, fique difícil num eventual segundo turno em que ele, pelo que se vê, não estará, mas poderá negociar participação e apoio à Marina Silva.

No caso da presidenta Dilma, agora, em vez do sinal amarelo, vermelhou geral. As projeções não são otimistas e, sim, pessimistas. Não tem essa mais de esperar para ver se existe consistência na votação prometida para Marina Silva. E, ainda ontem, já em ato público de campanha a candidata do PT fez seu primeiro ataque direto para a socialista quando disse que existem pessoas boas, mas a sucessão não deve ser encarada desta forma. “Melhor pessoas boas e compromissadas do que pessoas boas sem compromisso”, bateu, sugerindo que Marina seria uma aventura que não repassa segurança para o eleitor.

Com menos de 15 dias no pleito, Marina Silva é um tsunami nas candidaturas de Aécio Neves e Dilma Rousseff. Os próximos dias serão dedicados à reconstrução do discurso para tentar evitar novas mazelas.

Silvio Mendes acha que Marina Silva vence as eleições

29/08/2014 - 18:30

Silvio e Aécio

Se o blog tivesse ouvido o ex-prefeito de Teresina e candidato a vice-governador Silvio Mendes (PSDB) não teria acertado tanto na última análise sobre as alternativas de discurso a serem adotadas pelos candidatos. Sílvio Mendes falou hoje sobre o que pensa a respeito da candidatura a presidente do seu correligionário, Aécio Neves, e do espírito de mudança que se faz necessário incorporar para obter êxito no próximo dia 5 de outubro.

No entanto, Sílvio jogou a toalha. Admitiu que a eleição está perdida para Aécio. Mesmo votando no correligionário e acreditando que ele é o melhor candidato, disse que quem soube levar à população a mensagem de renovação foi Marina Silva (PSB), ” a próxima presidente do Brasil”, em suas palavras.

Agora, resta saber se a lição valerá para a eleição no Estado, para o aliado de Sílvio Mendes, o governador Zé Filho, como já adiantou o blog.

Marina vem aí…vem?

29/08/2014 - 17:52
Marina Silva e o vice Beto Albuquerque durante lançamento da campanha  (Foto Estadão)

Marina Silva e o vice Beto Albuquerque durante lançamento da campanha (Foto Estadão)

 

Candidato ao Senado, Wilson Martins está em São Paulo para o lançamento do plano de governo e propostas da sua candidata a presidente, Marina Silva. A informação da hora é de que tem visita agendada para o Piauí até final de setembro, com possibilidade de visitar Teresina e outras cidades.

No Piauí, apesar da coligação onde está Wilson Martins ter elementos “rejeitáveis” nos critérios de Marina Silva, como a presença do PMDB e do PSDB, tanto que não esteve aqui com Campos para a convenção de Zé Filho e Wilson.

O fato é que Eduardo fez 27 acordos, Marina não concorda com 14, não aceita aliança Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Sergipe,

Em Santa Catarina, o “problema” com Paulo Bauer do PSDB, candidato a governador e Jorge Bornhausen (PSB) que é candidato ao Senado. No Mato Grosso do Sul, Nelson Trand (PMDB), candidato a Governo e muito ligado ao agronegócio, é o entrave. Já no Rio Grande do Norte, o impasse está instalado com o candidato do PMDB, Henrique Alves, que tem apoio do PSB e como candidata ao Senado a ex-governadora Vilma de Faria.

Por aqui vamos evitar citar alguns nomes e o constrangimento. Mas, parabéns pra Wilson Martins se conseguir trazer Marina ao Piauí!

O poder do boato e a sabotagem no PT

29/08/2014 - 14:11

 

 

cicero magalhaes blog elisabeth sa

 

Quando disse aqui no blog que os principais adversários dos petistas estão dentro da coligação, fui alvejada publicamente com duras críticas, notas de protesto e tudo mais. Agora, quem confirma com todas as letras o que eu disse é o deputado Cícero Magalhães.

O parlamentar disse que está sendo vítima de boatos que teria desistido de sua candidatura. Ele que acredita partir de dentro do PT tais boatos e fala em sabotagem. Cícero Magalhães já vinha desconfiando, mas teve a certeza em sua última viagem na região de São Raimundo Nonato.

A título de esclarecimento, volto a repetir, estamos falando de coeficiente eleitoral. Nada com relação à atentados públicos contra a vida e honra.