Apoio familiar na campanha de Zé Filho

16/09/2014 - 16:10

Mário Lacerda Zé Filho Blog Elisabeth sá

Bem que o governador Zé Filho (PMDB) diz em sua propaganda eleitoral que a sua família é o seu maior bem. Na prestação de contas do candidato, os maiores números nas  doações de pessoas físicas ficaram por conta de seus parente, filhas, irmãs e cunhado;juntos doaram  mais de R$ 70 mil para a campanha de Zé Filho. Os dados estão na prestação de contas do governador. Os números demoraram a ficar disponíveis no site do  do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), apesar do governador ter apresentado sua prestação de contas dentro do prazo.

Só não foi identificada nenhuma doação do tio, Francisco de Assis Moraes Souza, o que é perfeitamente compreensível. Não é maldade nem ironia, mas pra quem achava que o ex-senador Mão Santa seria laranja do sobrinho…

Wellington manda seu recado

16/09/2014 - 11:31

O senador Wellington Dias (PT) já mandou o seu recado. Disse ontem (15), durante o lançamento do seu Pacto Pela Aceleração do Crescimento do Piauí, que não fará o que ele chamou de “jogo do desespero”.

Wellington Dias blog elisabeth sá

“Vou continuar na minha campanha propositiva e não entrarei nesse jogo do desespero”, afirmou o senador.  Não por menos o senador dá estas declarações às vésperas do endurecimento da campanha do governador Zé Filho (PMDB) em seu programa eleitoral, que hoje recebe o apoio do deputado estadual Robert Rios (PDT).

Magno Pires aposta no jingle com a criançada

15/09/2014 - 18:32

magno pires

O ex-secretário de Administração, Magno Pires, candidato a deputado estadual apostou num jingle infantil para conquistar eleitores. A estratégia de chegar aos pais pelos filhos não é nova na publicidade. Sem contar que criar jingles que caiam no gosto do eleitor é o um dos objetivos mais perseguidos por publicitários em campanha eleitoral.

A paródia da música “Comer Comer” da década de 1970 do grupo Genghis Khan já caiu no gosto da criançada. O vídeo com o jingle está no youtube.

RR TV, o chumbo grosso da campanha de Zé Filho

15/09/2014 - 18:20

Robert Rios RRTV blog elisabethsa

Como o blog adiantou vem chumbo grosso por aí e a arma é letal. A mudança não é total, mas é uma mudança na estratégia de campanha do governador Zé Filho, que vinha, na opinião de alguns “batendo pouco”.

A propaganda eleitoral do governador Zé Filho (PMDB) vem com o deputado Robert Rios (PDT) e a sua “RR TV”. Nas inserções de trinta segundos, todos os dias, o deputado vai entrar com um tema novo, sempre uma nova denúncia que o deputado deve arrematar com “me processa Wellington”.

Coluna do dia – A cartada final de Zé Filho

15/09/2014 - 17:24

 zé filho

A cartada final de Zé Filho

O governador Zé Fillho entra na reta final da campanha eleitoral com bastante munição para desbancar o favorito do pleito, o senador Wellington Dias. O escândalo envolvendo seu primo e funcionário José Martinho Araújo, pego com R$ 180 mil escondidos no banco traseiro de um carro, reforçou essa artilharia pesada que deve ser vista até o final da campanha. Trata-se da cartada final a ser lançada pelos governistas para avançar na preferência do eleitor e provocar o segundo turno.

Numa comparação entre as estratégias de campanha, deve acontecer aqui, com os opositores do PT, exatamente, o mesmo empregado pela presidenta Dilma Rousseff contra Marina Silva. Desde o início de setembro, Dilma bate pesado nas propostas, incoerências, na condição política da candidata do PSB, disparando, sem trégua, e com resultados sentidos imediatamente.

O publicitário Duda Mendonça veio, inclusive ao Piauí, repassar novas orientações para a campanha. E, segundo apuramos, ainda muitos cartuchos a serem utilizados nesta fase da campanha.

O fato é que, durante viagem ao interior, no fim de semana, o blog pode perceber que a maioria do eleitorado teve conhecimento do episódio, mas uns não acreditam, outros não acham que isso pode influenciar o eleitor e ainda há quem acredita que o valor de R$ 180 mil “é muito barulho por nada”.

a-esquerda-duda-mendonca-com-itamir-junior-e-a-direita-com-thiago-trindade-274178

A Duda e o Piauí

 As agências TP Propaganda e America Três Áudio Visual estrearam com o pé direito. Formalizaram parceria com a agência de renome internacional, a agência de Duda Mendonça para a realização do trabalho da campanha do governador Zé Filho. Com isso a agência piauiense entre para o cenário nacional dando destaque a esta parceria.

Gripe no Ministro

O ministro das Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, era presença c0nfirmada  logo mais às 19 horas em evento promovido pela “Coligação A Vitória com a Força do Povo”, do senador Wellington Dias, mas uma forte gripe fez o ministro desmarcar todos os seus compromissos, inclusive o compromisso com o companheiro Wellington.

Wellington não fica na defensiva

O senador Wellington Dias utilizou-se da máxima de que a melhor defesa é o ataque e, além de pregar que o flagrante sofrido pela Polícia Rodoviária Federal, na Bahia, é fruto de armação dos adversários, ingressou com ação contra Zé Filho, voltou a bater na tecla do aumento da violência em seu programa eleitoral nesta segunda-feira (15), bem como voltou a dizer que está sendo impedido por militantes da situação de fazer campanha no interior.

Com uma mensagem subliminar, sem tocar no caso dos R$ 180 mil, diz que seus adversários pregam mentiras como fruto do desespero.

Pelo que se conhece do candidato, Dias não vai engolir a isca e, ao que tudo indica, da sua parte não haverá mais nenhuma resposta com relação ao episódio do seu motorista.

Quem tem telhado de vidro, não joga pedra

Wellington Dias, no jornal O Dia deste domingo, disse que Zé Filho foi eleito pra ser vice. Falou demais.

Agora, vão poder rebater, dizendo que Regina Sousa nunca, se quer, foi eleita a nada. E, caso Wellington Dias seja eleito, sua suplente que ficará com o mandato de mais 4 anos no Senado

Lavadeiras

É até ofensivo, mas é o que está parecendo o clima entra a presidenta Dilma Rousseff (PT) e sua ex-companheira de partido, Marina Silva, candidata do PSB a presidência. As farpas e as acusações trocadas entre duas mulheres que foram correligionárias por 25 anos não é nada bonito de se ver.

Pior! No final das contas, o eleitor que faça a sua análise, pois ambas expõem o lugar onde se formaram politicamente, o  PT.

Pacto pelo crescimento do Piauí?

15/09/2014 - 15:51

Wellington Dias

O senador Wellington Dias (PT) lança logo mais, às 19 horas, na sede do Clube dos Economiários, o Pacto pela Aceleração do Crescimento do Piauí. O evento deve contar com a presença dos prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e todos os apoiadores de campanha do senador, além da sua candidata a vice, deputada Margarete Coelho (PP) e do candidato ao Senado, ex-prefeito de Teresina Elmano Férrer (PTB).

Depois de duas gestões, nas quais trabalhou a organização da máquina administrativa, acesso a Educação e a comida, interligação dos municípios, um pacto para acelerar o crescimento do Piauí tem que passar efetivamente por mais investimentos em infraestrutura de energia, transporte e educação. Vamos aguardar a apresentação da proposta  do senador , que diante do ritmo que tem procurado imprimir em sua campanha, naturalmente que não pode passar longe destes eixos.

No começo da campanha o blog comentou que o senador Wellington Dias havia adotado uma postura de quem começava do zero. Tanto que em seu primeiro programa de campanha eleitoral apresentou-se para o piauiense como se não fosse um dos políticos mais conhecidos do Estado.

Apresentar um “pacto para o crescimento do Piauí” a esta altura, depois de dois mandatos como governador, e de um terceiro ( o de Wilson Martins) que se propôs a ser de continuidade de sua obra nada mais é que confirmar essa postura.