Wilson: o alvo preferencial

15/07/2014 - 15:54

O ex-governador e candidato ao Senado, Wilson Martins (PSB), tem sido vítima de ataques sistemáticos. Wilson foi eleito alvo preferencial. Sendo a disputa para o Senado polarizada entre ele e o petebista Elmano, pode-se facilmente concluir  de onde  estão partindo os ataques.

Wilson

Vale ressaltar,e é bom se orientar sobre o outro candidato, Elmano Ferrer. Ele está ou não de acordo com tais ataques, alguns deles pessoais? Acho muito difícil. E segundo saber se a busca por votos está acontecendo com o  mesmo afinco e desempenho dos ataques.

Foto:Facebook Wilson Martins

Senado pode liberar inibidores de apetite

15/07/2014 - 12:41

 

inibidores de apetite

 

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado retoma, nesta quarta, a votação do processo que pede a suspensão da resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e libera a comercialização de medicamentos inibidores de apetite.

A matéria já conta com o voto favorável do relator da matéria. Se aprovado, o projeto de decreto legislativo não precisa de sanção para entrar em vigor.

Os medicamentos em questão são à base de anfepramona, femproporex e mazindol e estão fora do mercado desde a resolução da Anvisa em 2011.

Coluna do dia – Zé Filho tem o dobro de tempo de Wellington Dias

15/07/2014 - 08:20

 

horário eleitoral gratuito charge blog elisabeth sa

 

Zé Filho tem o dobro de tempo de Wellington Dias

Há poucos dias antecipamos uma prévia de como ficaria dividido o horário eleitoral gratuito. Ontem, o Tribunal Regional Eleitoral confirmou que o governador Zé Filho terá o dobro de tempo do seu principal adversário, o senador Wellington Dias. Zé tem 18 partidos na sua aliança e contará com 12 minutos para fazer sua propaganda. Wellington tem nove partidos e fechou com seis minutos. A mesma proporção anunciada aqui em primeira mão. Vamos aos fatos e análise. O senador Wellington Dias não deu muita bola para o fator tempo no horário eleitoral gratuito. Segundo ele, em 2002 também tinha muito menos e conseguiu sair vencedor das eleições. Dias sabe o que fala. Só não deixa claro que conta com outro artifício que poderá driblar ou mesmo atenuar esta diferença. Trata-se do tempo destinado à presidenta Dilma Rousseff que será três vezes maior do que seus adversários. Candidata à reeleição, ela, sim, juntamente com o ex-presidente Lula, serão os maiores cabos eleitorais de Wellington Dias e é com isso que o petista conta para “tirar esta diferença”. Não poderia ser diferente, uma vez que agora o principal adversário anunciou apoio ao tucano Aécio Neves.  Na outra ponta, o horário eleitoral será o principal instrumento de campanha de Zé Filho. Com uma atuação mais conhecida na região Norte, uma vez que lá se concentra a sua principal base eleitoral, o peemedebista se valerá de mais tempo para levar a sua mensagem e, claro, se tornar conhecido. Ele tem em mãos pesquisas qualitativas que mostram que sua rejeição é baixa, mas não consegue avançar mais nos números das pesquisas eleitorais, simplesmente, porque as pessoas, os piauienses não o conhecem. Zé Filho é tímido, sempre foi na dele, nunca de grandes embates em sua atuação política e como deputado estadual na Assembleia Legislativa. O maior desafio, portanto, é se tornar conhecido para ser reconhecido.

Em tempo, a propaganda eleitoral tem início dia 19 de agosto.

 

Mais pesquisas sobre a Copa do Mundo

Uma pesquisa Datafolha divulgada, nesta terça, aponta que 83% dos estrangeiros que vieram ao Brasil para a Copa do Mundo ficaram satisfeitos com a organização do campeonato no país. A aprovação maior, quase uma unanimidade, foi com relação ao quesito hospitalidade: 95% dos entrevistados disseram que a recepção foi ótima ou boa.

O mais impressionante para o blog é que 69% dos estrangeiros disseram que poderiam adotar o Brasil e morariam no país.

 

Voto em trânsito

Começa a valer nesta terça, dia 15, o prazo para eleitor que quiser pedir voto em trânsito. Quem está fora de seu domicílio eleitoral, tem até o dia 21 de agosto para requerer em qualquer cartório eleitoral o voto em trânsito.

Para as eleições de 2014 será possível votar em cidades com mais de 200 mil eleitores. Até este artifício só era permitido nas capitais brasileiras.

 

Guerra de nervos e as ações eleitorais

Faz parte do show, mas sem muito sucesso. Sabe quando as coligações dão como missão infernizar a vida alheia? Infernizar juridicamente, melhor explicando.

É certo que muitas das ações eleitorais, que ocupam horas e horas de advogados e acabam lotando a mesa de juízes e desembargadores, têm como único objetivo ganhar manchete de jornal, criar fatos e perturbar a vida do adversário.

 

Redes sociais são queridinhas da campanha

Os políticos parecem ter descoberto o grande nicho das redes sociais nesta campanha. Não por menos tem agência de publicidade e portal de internet cobrando cerca de R$ 20 mil ou mais, em três meses de campanha, para alimentar e vitaminar algumas candidaturas proporcionais. Isso porque há pelo menos uma eleição os candidatos majoritários já tinham abraçado a causa.

O trabalho é coisa de profissional e incluindo mapas de visualização, relatórios, garantia de postagens, memes, e muita, muita foto. Os políticos e alguns publicitários só não podem esquecer que do outro lado da telinha, seja de um computador ou celular, existe inteligência.

 

 

 

Impugnação para constar

14/07/2014 - 17:20

Kelston Lages

A Justiça Eleitoral tem algumas obrigações durante o período de campanha. Algumas delas tornam-se esdrúxulas e servem apenas para dar trabalho à assessoria jurídica dos candidatos. Hoje, o procurador eleitoral Kelston Lages pediu a impugnação das candidaturas de Sílvio Mendes (PSDB) vice na chapa de Zé Filho, Daniel Solon (PSTU) e Neto Sambaíba (PPL), candidatos ao governo. Cria-se um fato com os pedidos de impugnação que pouco irão adiante.

O pedido tem como base o fato dos candidatos não terem se descompatibilizado do cargo que exercem no serviço público dentro do prazo máximo estipulado pela Justiça Eleitoral. Silvio Mendes alega que já é servidor aposentado, ou seja, apesar da agilidade as informações da Justiça Eleitoral, ou pelo menos da Procuradoria estão desatualizadas. Neto Sambaíba, que não apresentou toda sua documentação, ainda tem prazo para isso, sexta-feira (18). No caso do PSTU, segundo o diretório, a situação é a mesma, faltam documentos que estão sendo providenciados.

Vexame no gramado, vitória no tatame

14/07/2014 - 16:15

sarah

O Brasil não foi campeão da Copa do Mundo, teve desempenho muito aquém do esperado, mas a judoca piauiense Sarah Menezes teve um ótimo desempenho no primeiro dia de disputas do Grand Slam de Tyumen, na Rússia, no último sábado (12).

Ela marcou pontuação no ranking mundial valendo para o ranking olímpico. O Brasil conquistou seis medalhas, sendo duas de ouro, duas de prata a e duas de bronze. Entre os medalhistas, os campeões foram Sarah Menezes (48kg) e Charles Chibana (66kg). Sarah conquistou o ouro deixando pelo caminho as judocas Irina Dolgova(RUS), Valentina Moscatt (ITA) e Emi Yamagishi (JAP).

Das habilidades de campanha

14/07/2014 - 14:59

côco

O advogado Luciano Paes Landim (PT), candidato a deputado estadual mostrou que tem talento. E se a advocacia ou a politica não derem certo poderá ser vendedor e cortador de côco.  Ele mostrou a habilidade  durante visita na zona rural de Teresina, Curralinhos e Monsenhor Gil neste final de semana.