A hora do tucano beber água

11/07/2014 - 15:07

Teresina tem sido a caixa de ressonância para o saldo positivo ou negativo de toda campanha eleitoral no Piauí. Em Teresina estão, segundo os últimos dados da Justiça Eleitoral, mais de 506 mil eleitores. Não é à toa que todos os candidatos decidem iniciar a terminar as atividades de campanha, o corpo a corpo chamado com grandes eventos na capital.

Silvio Mendes blog elisabeth sa política piuaí

Amanhã (12) será é vez do governador Zé Filho (PMDB), que inicia oficialmente suas atividades de campanha com uma caminhada pelo centro da cidade. Ou seja; esqueçam todas as aparições e presenças já realizadas em eventos, inclusive aos encontros para assistir aos jogos do Brasil na Copa do Mundo pelo interior do Estado.

Zé Filho sempre teve sua atuação política muito focada na região norte do Estado, assim foi quando deputado estadual, precisa alcançar o eleitorado da região sul do Piauí e principalmente sabe que precisa se fortalecer na capital, um dos grandes motivos de esperar pacientemente pela decisão do ex-prefeito de Teresina, Silvio Mendes (PSDB), de ser seu vice. Neste sentido o PSDB será bastante cobrado, a militância tucana terá que mostrar o seu valor.

Aguardemos o resultado, pois assim como a festa da convenção, o evento deverá se tornar um dos termômetros de medida da força de chegada até o dia 7 de outubro.

Coluna do dia – A virada do véin

11/07/2014 - 13:54

elmano ferrer blog elisabeth sa

 

A virada do Veín

É grande a expectativa dos apoiadores do ex-prefeito Elmano Férrer com relação à virada nas pesquisas de intenção de voto já no início de agosto. A aposta é que Teresina, maior colégio eleitoral do Estado, levará a preferência já conquistada em cima do principal adversário, o ex-governador Wilson Martins, ao eleitorado do interior.

Segundo pesquisa divulgada pelo Data AZ, Elmano Férrer já aparece com uma vantagem mais do que significativa de 15,92%, quando estimulada, em cima de Wilson Martins quando questionados os eleitores de Teresina, onde se concentra cerca da metade do eleitorado piauiense.

Este cenário, porém, tem curto alcance segundo a mesma. Quando a avaliação segue por 14 municípios no entorno da capital, o poder de fogo do veín é minado pelo adversário. Wilson Martins praticamente inverte a situação.

Vê-se, portanto, que talvez exista uma grande estratégia por trás da desistência de João Vicente Claudino. Afinal de contas, a rejeição ao nome do senador petebista na capital o fez até deixar de participar ativamente da campanha nas eleições municipais de 2012. Quem não lembra? JVC não apareceu durante toda a campanha de reeleição de Elmano Férrer para a prefeitura de Teresina.

 

Cola teu rosto no meu

Candidato ao Senado, o ex-prefeito Elmano Férrer  terá que colar sua imagem à presidenta  Dilma Rousseff e ao senador ellington Dias, seus dois indiscutíveis maiores cabos eleitorais. O resto ficará por conta da estrutura que o seu partido o PTB poderá lhe proporcionar.

Aí é onde entra a figura do senador João Vicente Claudino. Não só pelo dinheiro.  Que fique claro! JVC deve começar, desde ontem, a chamar os “traidores” que já anunciaram apoio a Wilson Martins.

 

A força e o poder

O danado do Avelino Neiva deixa a Secretaria de Transportes para se dedicar, integralmente, à campanha de reeleição do governador Zé Filho. Articulador nato e matreiro como poucos, com uma grande coragem e disposição para campanhas eleitorais, Neiva já emprestou os mesmos serviços em anos anteriores.

O próprio senador Wellington Dias foi beneficiado e sabe bem o estrago que Avelino Neiva pode fazer numa campanha eleitoral.

 

Novos capítulos para novela dos Carro Pipa

A secretária da Defesa Civil, Simone Pereira, embarcou cedo para Brasília. Foi chamada à capital federal e deve retornar com novidades nesta novela que já provocou o primeiro embate político entre PMDB e PT, na condição de ex-aliados e que estão na disputa pela principal cadeira do Palácio de Karnak.

 

Pé na estrada

O senador Wellington Dias aproveita o recesso branco no Congresso para cair no interior e com uma agenda que prevê passagem por 13 municípios. Percorre um caminho inverso ao que fez nas eleições anteriores, certamente, confiante que na capital tem uma ampla vantagem sobre o principal adversário, o governador Zé Filho.

 

Dinheiro na mão com a Copa

Os números sorriem para quem apostou em faturamento alto no período da Copa do Mundo no Brasil. Para se ter uma ideia, cerca de 14 milhões de passageiros passaram pelos aeroportos brasileiros somente durante a Copa do Mundo. Os dados são da Secretaria Nacional de Aviação Civil.

Já a rede hoteleira das cidades sede chegaram a ultrapassar a margem de 90% de ocupação em cidades como o Rio de Janeiro e Fortaleza.

Zé Filho vai regularizar 63 mil imóveis

11/07/2014 - 12:45

Zé filho governador blog elisabeth sá

O governador Zé Filho está montando uma força -tarefa , envolvendo vários órgãos – entre eles Procuradoria Geral do Estado, ADH , Emgerpi – além de cartórios e o Tribunal de Justiça, para regularizar mais de 63 mil imóveis no Piauí. São imóveis populares na maioria que estão localizados no Mocambinho, Parque Piauí, Tancredo Neves, Bela Vista, entre outros.
O trabalho já está bem adiantado e contemplará pessoas que financiaram, pagaram e não têm a escritura dos seus imóveis.
É…se Wellington Dias tem do seu lado o programa “Minha Casa, Minha Vida” pra puxar votos…Zé Filho só colocou os seus auxiliares pra fazer o dever de casa e, uma vez concretizado, vai ganhar os louros desta conquista para os beneficiados.

Mulheres na política, mas nem tanto

11/07/2014 - 12:00

mulheres símbolo blog elisabeth sá

A questão de gênero deverá continuar com forte atenção dos marqueteiros e da própria mídia nestas eleições, a presença da mulher e o discurso de igualdade na busca do voto sempre é uma boa alternativa. Acontece que, mesmo com a vitória de Dilma Rousseff (PT), em 2010, o espaço feminino ainda é restrito e está distante de representar o seu eleitorado. Se assim fosse, elas seriam maioria nos parlamentos. de todo o país e no próprio Congresso. A ascensão de uma mulher ao cargo máximo da República foi e é insuficiente para atestar que elas conquistaram o poder.

Em números, segundo o site Congresso em Foco, as mulheres representam pouco mais da metade do eleitorado nacional, mas só conquistaram 13% dos cargos eletivos em disputa nas eleições de 2010 e 2012 em todo o país. Na Câmara dos Deputados, a participação é de apenas 8,6%.

Mais: os espaços decisivos ainda são ocupados por homens, nunca uma mulher foi eleita para presidir a Câmara ou o Senado. Só uma parlamentar, a senadora Ângela Portela (PT-RR), atual 2a-secretária, tem assento hoje nas Mesas Diretoras do Congresso. Entre os quase 30 líderes de partidos ou blocos, há apenas duas mulheres: a deputada Jandira Feghali (RJ) e a senadora Vanessa Grazziotin (AM), ambas do PCdoB.

R$ 80 milhões da Bahia que beneficiaram o Piauí

11/07/2014 - 10:00
Henrique Pires e Fernando Bezerra

Ministro Francisco Teixeira e Henrique Pires

O Governo Federal está investindo R$ 80 milhões na construção da  adutora de  Campo Alegre de Lourdes, norte da Bahia. Ocorre que a  cidade faz fronteira com o Piauí, e através de uma parceria Funasa  (Fundação Nacional de Saúde) e Codevasf (Companhia de  Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba) o benefício  baiano vai se estender a cidade de Caracol, 624 km de Teresina.

O  presidente da Funasa, Henrique Pires, e o deputado federal Jesus  Rodrigues (PT) articularam, junto ao  ministro da Integração  Nacional, Fernando Bezerra, a ampliação em 11 km da adutora para  chegar até o Piauí.

Uma das 21 comunidades baiana, Angico Dias, fica a apenas 11  quilômetros de distância da cidade de Caracol. Lá na Bahia o pleito  de construção da adutora pertence ao deputado federal Daniel  Almeida (PCdoB) ele vem lutando pela construção da adutora desde 2008, incluindo a obra entre suas emendas e na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias). Ponto também para o deputado Jesus Rodrigues, que viu a oportunidade e se articulou com os órgãos certos.

Dinheiro parado é grave

10/07/2014 - 19:15

deputado_fabio_novo_02

Em meio a lamúria de prefeitos com a reduções de repasses – e principalmente em meio as lamentações dos governadores também, inclusive o ex-governador Wilson Martins (PSB) e o governador Zé Filho (PMDB) – o deputado Fábio Novo (PT) trouxe à tona na tribuna da Assembleia Legislativa uma polêmica, no mínimo, grave.

É fato que o deputado estava defendendo a presidenta Dilma de acusações de retaliação, mas afirmar que o Piauí tem em caixa recurso para construir uma nova maternidade e esse recurso não foi usado é um dado que merece atenção, principalmente,  porque são constantes as queixas a respeito do atendimento da maior maternidade pública do Piauí, a Maternidade Dona Evangelina Rosa.

Segundo Novo, os recursos da ordem de R$ 23 milhões estão parados sem investimentos. A polêmica parece não ter surtido muito efeito ou  não tocou governistas. E mais grave: sua denúncia foi feita e ficou sem resposta oficial.