Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde

15/05/2020 - 16:55

O Ministério da Saúde informou hoje (15) que o ministro Nelson Teich pediu exoneração do cargo na manhã desta sexta-feira. No comunicado, a pasta não esclarece o motivo da saída, mas informa que uma coletiva de imprensa será marcada para esta tarde.

Teich assumiu o cargo há quase um mês, após a saída do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, em 16 de abril.

Mandetta e o presidente Jair Bolsonaro divergiam sobre os caminhos para o combate à pandemia do novo coronavírus no país, como as medidas de isolamento social e o uso da hidroxicloroquina no tratamento de pacientes.

Elmano Férrer defende planejamento para o retorno da construção civil no Piauí

15/05/2020 - 09:44

O senador Elmano Férrer (PODEMOS/PI) quer abrir o diálogo com a Prefeitura de Teresina e o Governo do Estado sobre o retorno das atividades do setor da construção civil. Segundo o senador, é uma atividade essencial, que afeta diretamente em emprego e renda dos piauienses. O parlamentar se pronunciou no Senado Federal nesta quinta-feira (14) e pediu planejamento para o retorno do setor, como acontece na maioria dos estados.

Elmano Férrer destacou a importância das medidas de isolamento aplicadas em todo estado. “No Piauí, o governador Wellington Dias e o prefeito de Teresina Firmino Filho têm como prioridade máxima a defesa da vida dos piauienses. As medidas de isolamento e a proibição de atividades não essenciais são duras, mas acertadas, e estão salvando muitas vidas. Entretanto, preciso destacar a importância de planejarmos os próximos passos. Na quinta-feira passada, o Governo Federal incluiu a construção civil no rol de atividades essenciais. Mas são os estados e municípios que têm o poder de estabelecer políticas de saúde e isolamento social e serviços essenciais˜, afirmou o senador.

A construção civil é um dos propulsores da economia, responde por 6% do PIB e 34% da indústria brasileira, gerando 13 milhões de empregos diretos e indiretos. No restante do país, a indústria da construção civil continua ativa. “Além da importância para a economia, neste segmento não há atendimento ao público, o que minimiza os riscos de contágio, especialmente, se tomadas todas as medidas de higiene”, justificou o senador.

Elmano Férrer citou as obras públicas do DNIT para exemplificar o prejuízo com a paralisação do setor da construção civil. De acordo com ele, o Viaduto do Mercado do Peixe seria concluído neste mês, mas as obras foram paralisadas devido à pandemia, atrasando também o andamento das obras dos Viadutos Rodoferroviários. E caso não haja retorno das atividades, as obras da duplicação Teresina a Dermerval Lobão também serão impactadas.

“Venho pedir ao governador Wellington Dias e o prefeito Firmino Filho que reflitam sobre o assunto e avaliem incluir a construção civil no rol das atividades econômicas liberadas no Piauí, a exemplo do que já ocorre em todo país”, concluiu o senador em seu pronunciamento.

Piauí tem o menor número de casos de coronavírus do Nordeste

15/05/2020 - 09:19

Um levantamento feito pelo Consórcio Nordeste mostrou que o Piauí é o estado com menor número de casos de coronavírus da região. Até a tarde dessa quinta-feira (14), a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sespi) registrou 1.784 pessoas infectadas com a Covid-19. Em seguida, vem Sergipe, com 2.268 casos. Na outra ponta está o Ceará, com 19.156 vítimas do novo coronavírus (veja quadro).

A incidência da doença no Piauí, que mede a quantidade de infectados por cada 100 mil habitantes, é a segunda menor do Nordeste. São 54,50 vítimas para cada 100 mil pessoas, metade da média da região, de 109,74. O número de óbitos no estado também é o segundo menor, com 60 vítimas, enquanto em todo o Nordeste já são 3.874 mortes.

A Secretaria da Saúde atribui o resultado às medidas de isolamento social adotadas pelo Governo do Estado ainda em março. Desde o dia 23 desse mês, um decreto estadual proíbe o funcionamento de estabelecimentos que exercem atividades não essenciais. Isso reduziu a circulação de pessoas e permitiu que o crescimento de infectados com a doença fosse menor do que a média entre os nove estados do Nordeste.

Um levantamento feito pelo matemático e professor Jefferson Cruz, integrante do Grupo de Trabalho de Saúde do Comitê Gestor de Crise (CGC) da Universidade Federal do Piauí (UFPI), apontou que sem o isolamento social o Piauí teria atingido 2 mil pessoas com Covid-19 no dia 23 de abril, com 50 mortes. No entanto, naquela data, havia 217 casos confirmados, e 15 óbitos.

No entanto, a taxa de isolamento tem caído nas últimas semanas, ficando em torno de 50%, considerada muito abaixo do mínimo aceitável de 70%. Isso significa que metade dos piauienses não estão ficando em casa, mas sim circulando nas ruas, muitas vezes em aglomerações. Isso aumenta muito as chances de contaminação pelo vírus Sars-Cov-2, altamente contagioso.

Com muitas pessoas adoecendo ao mesmo tempo e os casos mais graves precisando de leitos de UTI, muitos pacientes podem morrer por falta de atendimento. No Piauí, dos 189 leitos com UTI disponíveis para paciente com o vírus Sars-Cov-2, 43% estão ocupados com vítimas da Covid-19. Porém, dependendo da velocidade de novas contaminações, a capacidade do sistema de saúde pode ser alcançada rapidamente e, assim, podem faltar leitos.

Sesapi envia equipamentos para montagem de leitos em Parnaíba

14/05/2020 - 19:22

 

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) enviou equipamentos para a montagem de leitos de enfermaria e estabilização na cidade de Parnaíba. O material será instalado no Hospital Promédica, que servirá de anexo do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), no atendimento aos pacientes com a Covid-19.

Com essa melhoria, o HEDA passa a contar com 83 leitos, sendo 15 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), exclusivos para o tratamento da doença. A previsão de entrega do anexo é o final do mês de maio. “Fechamos uma parceria com a maternidade Marques Bastos para onde transferimos a obstetrícia e conseguimos desafogar os leitos, assim disponibilizamos mais locais para o atendimento de pacientes da Covid-19. Com a chegada dos equipamentos para a montagem desse núcleo, vamos consegui deixar no HEDA apenas o atendimento de UTI adulto e pediatra”, explica o diretor do hospital, Emanuel Júnior.

O anexo, que funcionará no Hospital Promédica, contará com 30 leitos de enfermaria e três de estabilização e receberá pacientes com casos mais leves da Covid-19. O HEDA contará, ao todo, com dez leitos de UTI adulto, cinco leitos de UTI pediátrica, três leitos de estabilização e 68 leitos de enfermaria, para auxiliar no enfrentamento do novo coronavírus.

“Esse é mais um avanço no enfrentamento ao coronavírus no Piauí. O HEDA atende a população da região do litoral e cidades do Maranhão e o Ceará. Com essa ampliação, podemos trazer mais um espaço de tratamento para aqueles que, infelizmente, possam ser acometidos com esta doença”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

De acordo com o Boletim Epidemiológico do Centro de informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Piauí (Cievs) da Sesapi, até o dia 13 de maio, a cidade de Parnaíba registrava 96 casos confirmados da Covid-19 e quatro óbitos.

Atendente virtual da Sefaz é destaque na página do BID

13/05/2020 - 17:36

A atendente virtual da Secretaria Estadual da Fazenda do Piauí, a Teresa, é destaque na página do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no blog da Divisão de Gestão Fiscal ( https://blogs.iadb.org/gestion-fiscal/es/ ) do banco, que é uma ferramenta para discutir a política e a gestão fiscal em níveis nacionais e subnacionais da América Latina e do Caribe.

Segundo a matéria divulgada no blog, o atendimento virtual ao contribuinte  permite a continuidade de negócios e é estratégica em tempos de SARS coronavírus.  “Na pandemia do coronavírus da SARS, tornou-se indispensável para garantir a continuidade dos negócios, para as administrações fiscais”, afirma a matéria divulgada, que cita como exemplo a atendente virtual Teresa, pioneira na solução integrada de inteligência cognitiva, baseada em nuvem, nas secretarias estaduais de fazenda, finanças ou tributação do país.

A matéria ainda mostrou que a Secretaria de Fazenda do Piauí promoveu a execução do projeto de uma assistente (ACV) de conversação, a Teresa, para ajudar os contribuintes com acesso à informação e o pagamento de impostos administrados pelo Estado de forma virtual. “Com o distanciamento social devido à pandemia do coronavírus, Teresa tornou-se um ponto de referência muito útil para os piauienses. A Secretaria de Fazenda do Piauí tem sido responsável por informar aos piauienses que a assistência por meio da atendente virtual Teresa, está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, para ajudar nesses momentos de isolamento social”, destaca o blog.

Em dezembro de 2019 a atendente virtual da Sefaz realizou 3.361 atendimentos, em abril desse ano de 2020 já foram registrados 5.643 atendimentos pelo aplicativo. E de dezembro do ano passado até abril desse ano foram contabilizados mais de 23 mil atendimentos (23.540) feitos pela Teresa.

O aplicativo foi disponibilizado com recursos do BID. A inteligência artificial começou a ser usada pelo Governo do Estado do Piauí para que o atendimento à população fosse feito de forma mais ágil e agora vem sendo ainda mais utilizada para que o contribuinte não deixe de ser atendido com eficiência, mesmo com a pandemia.

O aplicativo Teresa está disponível 24 horas por dia para atender aos contribuintes, inclusive aos finais de semana e feriados, com o objetivo de facilitar essa interação com o contribuinte. Essa ferramenta serve de apoio ao serviço de atendimento “Fale com a Sefaz” e já está disponível para android e iphone.

Whatsapp contra a violência doméstica

13/05/2020 - 17:25

O Núcleo Multidisciplinar Lei Maria da Penha da comarca de Picos inicia nesta quarta-feira (13), os atendimentos às vítimas por meio do aplicativo Whatsapp. Neste período envolvido no distanciamento social para o combate da pandemia da Covid-19, o número de casos de violência doméstica tem crescido.

“No período de janeiro deste ano até a última semana, 82 medidas protetivas foram expedidas em Picos. Então, o enfoque principal dessa ação é checar junto às vítimas se essas medidas, de fato, estão sendo cumpridas e, se não estiverem, entrar em contato com os órgãos de segurança do Estado, como a Polícia Civil, o Ministério Público Estadual e a Defensoria Pública Estadual para comunicar a situação”, pontua o magistrado Sérgio Luís Fortes, juiz titular da 4.a Vara da comarca de Picos.

As vítimas serão contatadas por uma equipe composta por servidores da unidade (dois assistentes sociais e uma psicóloga), no horário de 9h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, por meio deste telefone: (89) 3415-4220.

De acordo com o juiz Sérgio Fortes, durante os atendimentos, será checada a situação das vítimas, serão ouvidos seus relatos, a fim de saber se o agressor retornou à sua casa, por exemplo, mesmo com a medida protetiva. Além disso, a ferramenta viabilizará atendimento a todas as pessoas que desejam orientação acerca do tema, sobre os canais de denúncia existentes, e demais informações sobre os direitos protetivos das mulheres.