Piauí tem plano para aplicar R$ 1,6 bilhão de recursos do Fundef

02/01/2020 - 09:06


O governador Wellington Dias se reuniu, nessa quinta-feira (2), com os secretários de Estado da Educação, Ellen Gera; da Fazenda, Rafael Fonteles; e de Governo, Osmar Junior, para tratar da agilidade na aplicação dos recursos de precatórios judiciais do extinto Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef). O recurso no valor de R$ 1,6 bilhão já possui um plano pronto para investimentos exclusivamente na educação, o Educar Piauí, que permitirá melhorias na rede estadual de ensino.

O Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) acatou recurso da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e derrubou decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que determinava a suspensão da concorrência pública n° 01/2019, com o consequente bloqueio do dinheiro. “Esse era um recurso que a União devia ao Piauí e o mais importante é que temos um plano aprovado em todas as instâncias legais, que estabelece a aplicação desses recursos e que modifica completamente a educação no estado do Piauí. Vamos passar a ser um dos estados brasileiros, no fim do terceiro ano de aplicação, com um nível de educação mais avançado. Estou falando da meta de alfabetizar mais de 200 mil pessoas que no passado foram prejudicadas e não aprenderam a ler e escrever.

Os recursos servirão para a redução de reprovações, melhoria da proficiência em matérias como português, matemática e redação. Serão aplicados no investimento em infraestrutura das escolas, que também geram emprego e renda, resolver problemas das estações de energia e comunicação, isso é algo extraordinário”, ressaltou o governador Wellington Dias.

O secretário da Educação destacou o impacto que esses recursos terão na rede estadual de educação e todo o planejamento que está sendo feito para a sua aplicação. “Todo esse recurso será revertido para as benfeitorias das nossas escolas, na parte de infraestrutura, equipamentos, mobília, como também cuidar da formação dos professores e na valorização dos gestores. Assim como colocará a tecnologia à disposição das nossas escolas para essa década que se inicia”, disse Ellen Gera.

Programa Passo à Frente beneficiou mais de 12 mil pessoas em três anos

01/01/2020 - 14:47

 

O Programa Passo à Frente encerrou o ano de 2019 mudando a vida de milhares de piauienses em todo o estado, dando a eles qualidade de vida. Foram entregues, nos últimos meses do ano, mais de 2.200 equipamentos como andadores, muletas, cadeiras de rodas, cadeiras de banho, calçados ortopédicos, órteses e próteses. De 2016 até 2019, mais de 12.600 pessoas foram beneficiadas.

O Programa Passo à Frente é uma iniciativa do Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), em parceria com a Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid) e Centro integrado de Reabilitação (Ceir), que busca descentralizar a oficina ortopédica com a promoção do acesso a órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, além de disponibilizar ajustes e consertos. O Passo à Frente foi criado em 2016 para beneficiar pessoas com deficiência ou alguma dificuldade de locomoção.

Desde que o programa foi criado, os equipamentos têm sido distribuídos pelas cidades do Piauí. Nos últimos meses, as entregas foram feitas nos municípios de Canto do Buriti e região; Jaicós e região; Itaueira e região, além de Esperantina e região. Em Canto do Buriti foram entregues 520 equipamentos; em Jaicós, 1.067 equipamentos; em Itaueira, 466 equipamentos e Esperantina, 762 equipamentos.

O secretário de Estado para a Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), Mauro Eduardo,  destaca que o Passo à Frente é de suma importância para garantir e respeitar o direito de ir e vir para todos, auxiliados por essa iniciativa do Governo do Estado, por meio da Sesapi e de seus parceiros nesta caminhada. “Cada vez mais o planejamento do programa é ampliar o número de beneficiários em todo o Piauí. Queremos atingir todos os 224 municípios do estado”, destaca o gestor.

De acordo com o diretor de Programas Estratégicos Socioeducativos e Comunitários da Sesapi, Raimundo Dutra, os equipamentos do Programa Passo à Frente trazem qualidade de vida não só para os beneficiários diretamente, mas também para as pessoas que vivem ou têm contato diariamente com eles, ajudando a todos”, afirma Dutra.

Segundo ele, em 2020 o programa vai continuar com força total. “Já estamos com o cronograma de execução que vai contemplar  municípios em seis territórios de desenvolvimento do Piauí, totalizando mais de 50 cidades”, diz o diretor.

Cojuv levou ações a 13 municípios e atendeu a centenas de jovens em 2019

01/01/2020 - 13:04

Em 2019, a Coordenadoria da Juventude do Estado do Piauí (Cojuv) realizou 14 ações do projeto Caravana Juventude Ativa e três do projeto Tenda das Juventudes. Além disso, no início do ano, em parceria com a Secretaria da Agricultura Familiar (SAF), coordenou a realização do II Encontro de Jovens do Semiárido, que ocorreu dos dias 5 a 7 de abril, no município de Picos, e teve a participação de cerca de 500 jovens.

A Coordenadoria contemplou um total de 23 escolas no interior e seis na capital. Ao longo do ano, a Cojuv realizou atividades nos territórios do Entre Rios, dos Tabuleiros do Alto Parnaíba, da Planície Litorânea, do Vale do Rio Guaribas, da Chapada das Mangabeiras e dos Cocais, com ações nos municípios de Teresina, Altos, Jerumenha, Uruçuí, Antônio Almeida, Parnaíba, Ilha Grande, Luís Correia, Cocal dos Alves, Arraial, Manoel Emídio, Pedro II e Esperantina.

Na capital, além de ações em escolas, em parceria com a Pastoral da Juventude, a Cojuv realizou o projeto Caravana Juventude Ativa no Dia Nacional da Juventude, tendo como público-alvo jovens da microrregião de Teresina.

Projetos da Cojuv

O projeto Caravana Juventude Ativa oferece um conjunto de serviços, entre oficinas e bate-papos, e tem como público-alvo jovens com idade entre 15 e 29 anos, conforme estabelece o Estatuto da Juventude. As atividades são escolhidas de forma dialogada com a administração da escola e a representação estudantil.

A Cojuv também realizou uma ação pelo projeto Tenda das Juventudes durante o Festival de Inverno de Pedro II, que foi uma das maiores atividades realizadas no ano de 2019, contemplando um público rotativo de cerca de mil pessoas; outra no Festival do Peixe, junto com o projeto Caravana Juventude Ativa; e a terceira, durante o Amorarte, em Campo Maior.

O Tenda das Juventudes tem como objetivo levar informação aos jovens sobre políticas públicas voltadas para este segmento. Dentre elas estão programas de atenção à saúde, de prevenção ao uso de drogas e projetos em nível nacional como o programa Identidade Jovem.

“Fechamos o ano com bons resultados, tanto quantitativos quanto qualitativos. Podemos dizer que a receptividade da juventude piauiense às nossas ações foi mais do que satisfatória: durante as atividades, tanto os meninos como as meninas pediam que retornássemos à escola com mais ações. Além disso, nós da equipe, recebemos vários depoimentos positivos de jovens nas redes sociais da Cojuv e em nossas contas pessoais. Uma das nossas metas é justamente estreitar, ainda mais, os laços com essa juventude”, afirmou a diretora de Políticas Sociais da Cojuv, Ianara Evangelista.

Fórum de Gestores de Juventude em 2020

Para 2020, a Cojuv planeja realizar o III Fórum de Gestores Municipais de Juventude, ainda em janeiro, ocasião em que será lançado o Guia de Conselhos, cartilha orientadora para o fortalecimento das políticas municipais de juventude. Dentre elas, a criação dos Conselhos Municipais de Juventude, do Fundo Municipal de Juventude e das pastas municipais de Juventude.

“Atualmente, a captação de recursos para a juventude exige a existência de toda uma estrutura administrativa e de controle social. É importante que os municípios operem institucionalmente para conseguir esses recursos, via editais públicos ou de entidades privadas. É papel da Cojuv promover o conhecimento necessário para que os gestores e representações dos movimentos sociais tenham condições de executar políticas públicas de juventude”, disse o diretor de Política para Inserção no Mundo do Trabalho, Venicio Moura.

Também está prevista para o ano que vem a realização da Conferência Estadual de Juventude, a elaboração do Plano Estadual de Juventude e Sucessão Rural e a reformulação do Plano Estadual de Juventude que completou dez anos em 2019.

“Em 2020, temos vários projetos para colocar em prática que são nossos desafios, mas contamos com a participação dos jovens porque a política pública de juventude tem de ser feita pelo jovem, com a participação dele”, disse o coordenador estadual de Juventude, Vicente Gomes.

Três mil passagens para tratamento fora de domicílio foram liberadas em 2029

31/12/2019 - 08:00

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), por meio do programa de Tratamento Fora de Domicílio (TFD), disponibilizou 3.000 passagens aéreas para pacientes e acompanhantes no período de maio a dezembro de 2019. O serviço é oferecido a quem precisa de atendimento médico pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em outro município ou estado quando ele é inexistente no local de origem do paciente.
No caso das passagens aéreas para o deslocamento do paciente, o TFD também custeia a passagem do acompanhante. Em casos que o paciente vai para o transplante, são compradas passagens para o paciente, acompanhante, doador e acompanhante para o doador.

A solicitação do pedido de TFD é feita por meio da Secretaria da Saúde e submetida à apreciação dos auditores-reguladores da Coordenação Estadual do TFD. As solicitações de referenciamento interestadual nas áreas de alta complexidade hospitalar, nas especialidades de Cardiologia, Cirurgia Bariátrica, Epilepsia, Neurocirurgia, Oncologia e Ortopedia cujos procedimentos não são realizados pela rede SUS do estado, são encaminhados ao componente estadual da Central Nacional de Regulação de

Alta Complexidade (CNRAC), por meio de formulário próprio – Laudo Médico da CNRAC. Para se inscrever no programa de Tratamento Fora do Domicílio, o paciente precisa de laudo médico e exames que comprovem a patologia, além da apresentação de documentos pessoais, cartão do SUS e documentos específicos em casos oncológicos. Os acompanhantes precisam ser maiores de 18 anos, apresentar documentos pessoais e cartão do SUS.

Meteorologia prevê chuvas isoladas por todo o Piauí no fim de ano e início de 2020

30/12/2019 - 13:04

O período chuvoso ainda não está completamente configurado em todo o Piauí mas, nos últimos dias de 2019 e a primeira semana de 2020, deve ter precipitações isoladas por todo o estado. A informação é da gerente do setor de Hidrometeorologia da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), Sônia Feitosa.

A meteorologista explica que, durante todo o mês de dezembro, as chuvas ficaram abaixo da média no estado. “A tendência é que, a partir de janeiro este quadro melhore, podendo variar dentro da normalidade. Nesta semana, vão ocorrer chuvas isoladas por todo o estado, mas isoladas, com alguns pontos ficando acima da normalidade”, pontua.

Feitosa acrescenta que, em Teresina, as precipitações não serão tão fortes e que o maior acumulado deve se concentrar na região central do estado, próximo a Floriano, e no extremo Sul. “No Semiárido, nestes dias, vão acontecer chuvas isoladas com acumulados em algumas cidades. No litoral, assim como na região Centro-Norte, vai chover pouco”, acrescenta.

Samu renovará frota com 22 novos veículos em 2020

29/12/2019 - 15:09

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), por meio do Complexo Regulador Estadual do Piauí, conseguiu aprovação de 22 novas ambulâncias para renovação da frota do Samu em 2020. Os veículos serão distribuídos nos municípios de Altos, Angical do Piauí, Bom Jesus, Bom Princípio do Piauí, Buriti dos Lopes, Canto do Buriti, Cocal, Dom Inocêncio, Flores do Piauí, Floriano, Ipiranga do Piauí, Monte Alegre do Piauí, Oeiras, Parnaíba, Queimada Nova, Rio Grande do Piauí, São Francisco do Piauí e Teresina.

Segundo a coordenadora do Samu no Piauí, Christiane Rocha Leal, em 2019, houve muitos avanços para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do Piauí. “Este ano conseguimos a implantação de novas bases do Samu estadual nos municípios de Socorro do Piauí, Inhuma, Lagoa do Barro, Várzea Grande, Pio IX, Monsenhor Hipólito, Palmeira do Piauí, Avelino Lopes e Nazaré do Piauí” , afirma Leal.

Neste ano, foram feitos muitos treinamentos com os profissionais que atuam no serviço, como os médicos e enfermeiros da Unidade de Suporte Avançada do município de Oeiras. Houve qualificação junto ao Ministério da Saúde do Samu Aéreo do Piauí e das bases descentralizadas dos municípios de Água Branca, Cristalândia e São Raimundo Nonato.

O Samu estadual também foi expandido com a implantação das bases nos municípios de Porto do Piauí e São Pedro do Piauí, que receberam as ambulâncias em dezembro de 2019, ainda em fase de implantação. A frota foi renovada este ano com 65 novas ambulâncias para as bases, sendo que no total são 80 bases descentralizadas, com renovação de 65 delas.

De acordo com a coordenadora, em 2019 houve um avanço com a efetivação de um atendimento que já era realizado pelos profissionais do Samu. “Foi elaborado o protocolo e o fluxograma para atendimento aos pacientes com transtornos mentais no estado do Piauí, em parceria com a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Os multiplicadores foram treinados e foi realizado um curso de extensão em Simulação para Suporte Avançado de Vida”, afirma Christiane.