Projeto tenta integrar Guarda Municipal ao reforço da Segurança na capital

11/03/2018 - 09:00

Samuel Silveira

O projeto Vila Bairro Segurança, da Prefeitura de Teresina, feito através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), que integra vários órgãos da administração municipal para a Segurança é o que se pode chamar de trabalho de formiguinha. Isso porque constitucionalmente a responsabilidade da Segurança Pública cabe ao Estado, mas desde que a Guarda Municipal de Teresina começou a atuar a participação das ações do novo órgão tem sido bastante cobrada pela população. O maior obstáculo no entanto são as limitações de atuação da Guarda, que é gerida pela Semcaspi, que tem á frente o vereador Samuel Silveira, que muitos até á esqueceram é da área de Segurança, é delegado.

Na primeira ação do programa foram realizadas 275 abordagens; 21 notificações por infrações de trânsito; 14 remoções de veículos; além da recuperação de uma motocicleta roubada. Já no Teresina Protege, duas menores de idade foram flagradas consumindo bebidas alcoólicas.

As operações contam com equipes da Guarda Municipal; equipe de Fiscalização da Strans; Polícia Militar; DETRAN; Delegacia do Silêncio; Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente (DPCA).

Os 13 bairros assistidos pelo projeto são: Acarape, Aeroporto, Alto Alegre, Itaperu, Mafrense, Matadouro, Mocambinho, Nova Brasília, Olarias, Parque Alvorada, Poti Velho, São Francisco e São Joaquim.