Nordeste investirá em tecnologia integrada na segurança pública

07/11/2019 - 16:00

Os governadores do nordeste decidiram ontem (6), em Recife, ampliar os investimentos em inteligência na segurança pública da região. No encontro do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste), os chefes do executivo estadual aprovaram a intensificação do grupo de trabalho da segurança pública da região.
O governador Wellington Dias (PT) disse que o objetivo é avançar na tecnologia, de forma que se amplie investimentos em câmeras de segurança, central de acompanhamento de imagens, identificação de criminosos por meio da íris e da face. “São formas modernas que alguns estados já experimentaram e queremos dar condições de integração na região. No Piauí, usarmos o empréstimo do Banco do Brasil para aplicar em tecnologia de segurança”, comentou o gestor.
Atualmente, dados de segurança pública do nordeste hoje são centralizados em Fortaleza e, segundo Wellington, essa integração já resultou na queda da violência na região, principalmente no número de homicídios. Nos primeiros seis meses de 2019, segundo o portal G1, a queda de mortes violentas no nordeste foi de 27% em relação ao mesmo período do ano passado.
“A segurança pública no Brasil e no nordeste é um tema de permanente preocupação. Os governadores decidem adotar estratégias contínuas de monitoramento e implementação de ações conjuntas para que tais índices continuem sendo reduzidos”, diz a Carta do Recife, assinada pelos nove governadores ao fim de reunião.