Marco Feliciano tendo a honra de ser cidadão teresinense

25/03/2015 - 22:01

marco feliciano

E quem vai conceder a graça ao deputado são os vereadores que formam a bancada evangélica da Câmara Municipal de Teresina.

Está no expediente de votação e deve ser apreciada amanhã (26) a proposta de concessão de título de cidadania teresinense para o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP).  Assinam a proposta os vereadores  Ricardo Bandeira, Pastor Levino, Tiago Vasconcelos, Celene, Antônio Aguiar, Ananias Carvalho e Joninha, a bancada evangélica de Teresina.

Sobre relevantes serviços prestados ao município de Teresina não se pode informar muito, ou quase nada, a respeito do deputado pastor, mas sobre as polêmicas nas quais já se envolveu por conta das posições defendidas muito se pode informar sobre o pastor deputado.

A última diz respeito a campanha de boicote a marca de cosméticos Natura, por ser patrocinadora da novela da rede Globo Babilônia, que na opinião do deputado fere o princípio familiar divino ao abordar temas como homoafetividade e “beijo gay”.

Outras polêmicas mais graves que,com essa concessão de cidadania teresinense por parte dos vereadores, deixa claro que são da concordância dos parlamentares da capital.  Marco Feliciano é natural da cidade de Orlândia e obteve quase 400 mil votos na disputa de 2014.

Parabéns a Marco Feliciano. Ser teresinense com certeza é uma grande honra, poucos merecem!

26 Comments

  • João Luiz Pereira Tavares disse:

    Que tal pensarmos em João Milionário Santana?? Também!

    Eis aqui:

    MORO é do Mal mesmo.
    
Ele prendeu um marqueteiro… 

    Um milionário! 
Pilantra, não??

    Imagina! Prender um MI-LI-O-NÁ-RIO!
    
Que ousadia esse Juiz Moro.
    O Marqueteiro cobrou na
    Nota Fiscal
    2 Senas acumuladas!
    
R$ 90.000.000,00! 


    Cobrou do PT!
    
Isso com Nota Fiscal! 

    O equivalente a 2 Senas, ACUMULADAS!

    E por baixo, João-o-Milionário-Santana, 

    Lavou dinheiro… 

    Aí esse injusto e babaca do Sr. Juiz Moro,
    vem e prende ele. 

    Um Milionário! 
É mole?

    E o que o PT tem a ver com isso? 

    Ele só ERA o marqueteiro do PT… 
Apenas.
    O PT é puro, bom & honesto.

  • Arquimedes Rodrigues disse:

    Cresce em nosso Estado o sentimento “HETEROFÓBICO”.
    Proveniente de uma “INTOLERÂNCIA” sem fundamento lógico, depois da anunciada entrega do título de cidadania ao Pr. Marco Feliciano, grupos “ativistas” do movimento “LGBT” têm atacado a honra e a pessoa do Pr. Marco Feliciano. Logo estes grupos que “sempre” advogam a defesa da liberdade, ou seria uma dissimulação com o fito real de difundir um sentimento HETEROFÓBICO?!
    LEMBREM-SE: VIVEMOS EM UMA DEMOCRACIA E O DIREITO DE SERMOS REPRESENTADOS POR QUEM JULGAMOS COMBATIVO NÃO PODE SER TRANSGREDIDO. Pr. Marco Feliciano representa parcela dos interesses de grupos evangélicos, protestantes, católicos, dentre outros.

  • edson disse:

    E assim Teresina e o Piauí se engrandecem. Isso sim é político que contribui para o país melhor!!! Já não votava em vocês, agora a coisa piorou…ou melhor, não votava e agora não voto mais…a multa é pequena, dá para pagar com o salário mínimo….

  • Pablo disse:

    Ter o Feliciano como teresinense, é depreciar o título

  • Jonas Deusdará disse:

    A pergunta que se faz é simples e objetiva: Quais os relevantes serviços que o Pr. Feliciano prestou a esta cidade?
    Estes vereadores prestam um DESSERVIÇO para esta cidade.
    Política de fundo de quintal, em favor dos próprios interesses, infelizmente.
    Não se trata de rejeição subjetiva com o Pastor, pelo contrário, apenas ele não merece, pois em nenhum momento teve qualquer participação em qualquer ato em benefício de Teresina.

  • AMAURY GOMES disse:

    Palhaçada kkkk, o que foi que Feliciano fez por TERESINA? Somente ser o percursor da intolerância a nível Nacional e de tudo que se repudia em uma civilização moderna e consonante com as diferenças seja elas quais sejam. Uma pessoa que não sabe respeitar, tolerar, conviver, e reconhecer que somos feitos de diferenças, e que Deus esta em todos, não apenas em quem ele quer, não merecer nem o titulo de ser HUMANO. Pessoas como MARCO FELICIANO não me representam e jamais irão me representar,
    Nossos “ilustres” vereadores poderiam esta preocupados com coisas mais relevantes como SAÚDE, EDUCAÇÃO, EMPREGO, e tantos outros setores que necessitam sim ser cuidados para que os verdadeiros cidadão TERESINENSES possam ter orgulho de onde são..
    POLITICA E RELIGIÃO NÃO SE MISTURAM! OU PELO MENOS NÃO DEVERIAM. VOTA BRASIL!!

  • Otacílio Pinto disse:

    Respeito muito a opinião do outro, mas quando essa opinião contraria multidões… “votar é coisa séria, teresinense!”

  • Armando disse:

    Que post Ridiculo, o Brasil eh um pais LAICO quem defente religiao dentrodo ambiente legislativo so pode ser idiota!

    Sua Anta! Vai se educar!

  • marcia disse:

    Parabéns pela reportagem Elisabeth!
    Este pastor deputado não me representa.
    Fico admirada e curiosa para saber o que os demais vereadores pensam sobre esta matéria.
    Estamos de olho e daremos nossa resposta, em época oportuna

  • marcia disse:

    Parabéns pela reportagem Elisabeth!
    Este pastor deputado não me representa.
    Fico admirada e curiosa para saber o que is demais vereadores pensam sobre esta matéria.
    Estamos de olho e daremos nossa resposta, em época oportuna

  • Elias de Sousa Barbosa Neto disse:

    Cara virou piada nosso estado! Dar um diploma para um cara desse que nunca deve ter comprado uma cajuina do nosso estado em seu apartamento de luxo sabia nem que Teresina existia. Me desculpe vereadores, parafraseando Cid Gomes vocês são uns “achacadores” ou pilantras mesmos. Isso é brincar com o povo. Gastar verba do municipio que ja vai de mal a pior para preparar um cerimonial à um idiota! Tiago Vasconcelos, Pastor Levino, Ananias Carvalho, Antônio Aguiar, Ricardo Bandeira, Joninha. Vocês não representam Teresina!

  • Antonio disse:

    Não se usa o termo “homossexualismo” pois o sufixo “ismo” remete a doença, hoje em dia o termo correto é homossexualidade.

  • wagner disse:

    A onrra maior é ele ser brasileiro! Parabéms ao povo de teresina por ter um homem tāo usado por Deus como cidadāo!

  • Francisco disse:

    Desonra pra nós… e não é homossexualismo, pois não se trata de doença, é HOMOSSEXUALIDADE.

  • Phylippe disse:

    Piada, né?

    E poxa, jornalista. Publica o release, faz a notícia, informa, mas não me manda um “parabéns” pra esse fascista, não.

    Ficou feio.

    • Elisabeth Sá disse:

      Você não acha que qualquer um que receba o título de cidadão teresinense, merecendo ou não, estará de parabéns? Eu acredito que sim, pois nossa cidade é linda e nosso povo caloroso. Esse foi o sentido da frase! Pena você não ter compreendido bem!

  • Renato disse:

    Homossexualismo seria patológico. Essa senhora que se entitula conhecida e reconhecida, deveria entender a diferença entre homossexualismo e homossexualidade.

  • Doté thiago disse:

    Meu Deus como assim… Teresina estar aparti de agora sem um pingo de vergonha na cara… Como deixa isso acontecer? Um racista homofabico… Como eu posso ver Teresina com bons olhos… E outra cara blogueira o nome certo é homoafetivo…. E nao homossexualismo… Este nome nao existe…. Para escrever melhor aprenda a escrever… Teresina vc estar realmente de parabéns…. Pela falta de vergonha na cara por deixar isso acontecer…

  • Jayleno disse:

    Pra ele é uma honra, pra mim e tenho certeza que pra maioria dos teresinenses é uma vergonha. Persona non grata se adequaria melhor a situação.

  • Julio F Sousa disse:

    “Ser teresinense com certeza é uma grande honra, poucos merecem!” Concordo dignamente. Eles terminam o texto apresentado com essa frase. A penúltima frase é passível de erro, minha dislexia laica não consegue entender porque um homem desses quer ter a mesma honra que muitos teresinenses legítimos, suor do sol quente. Mas é verdade. Tem muitos teresinenses como ele, com uma visão de mundo que só vê uma configuração de família, por exemplo. E é essa parcela de teresinenses que está honrando-o com esse título; é legítimo, até, que a bancada evangélica da Câmara de Vereadores (ai, minha dor do estado laico esquerdo!) esteja dando esse título. Achei legítimo, para essa classe de vereadores. Mas achei feio para Teresina como um todo. O que ele fez pela cidade? Tem três anos que saí de lá, mas visito com frequência, e não vi nenhuma melhoria que ele tenha implementado nas políticas públicas da cidade (assunto que deve realmente ser discutido na instituição legislativa). Posso estar enganado sobre as benevolências, mas nem vou atrás, posso só perder tempo. Também, não sei que pré-requisitos devem haver nesse tipo de honraria. Mas devem ser mínimos, pelo jeito. Se são mínimos, a bancada (ou uma parcela dela) pode honrar como teresinense a grande atriz Fernanda Montenegro, que fez tanto pelo Brasil em trabalhos dramáticos, que inspirou muitos artistas (inclusive eu, que sou apaixonado por Central do Brasil, e orgulhoso por ela ter sido indicada ao Oscar) a trilhar nas veredas da sensibilidade emotiva. Vereadores, levem o Marco Feliciano, mas levem Fernanda Montenegro também. Só uma dica.
    Ps.: Notem que citei a atriz, não a emissora em que ela trabalha, que é tão indigna de honras, quanto esse deputado citado.

    • dulce monteiro disse:

      As pessoas perderam totalmente a noção do que é ser cidadão.
      Concordo com meu colega Julio F Sousa, muitos teresinenses nascidos,criados ou mesmo agregados saõ merecedores dessa honraria.
      O que ele fez pela nossa cidade? deve ter sido um grande feito porque pouquíssimos e bote pouco nisso ficaram sabendo.

  • Regiando disse:

    Que bosta é essa!!!! Já percebia que bom senso nunca foi o forte da bancada evangélica, muito menos inteligência, agora conceder uma honraria a alguém que sequer é Teresinense ou fez algo pela minha cidade é um completo desserviço social e uma afronta a inteligência desse povo lutador. Esse grupinho, da câmara dos vereadores, é simplesmente o simbolo do atraso de Teresina.

    • Reginaldo disse:

      Que bosta é essa!!!! Já percebia que bom senso nunca foi o forte da bancada evangélica, muito menos inteligência, agora conceder uma honraria a alguém que sequer é Teresinense ou fez algo pela minha cidade é um completo desserviço social e uma afronta a inteligência desse povo lutador. Esse grupinho, da câmara dos vereadores, é simplesmente o simbolo do atraso de Teresina.

  • Antonio disse:

    Além de ser um absurdo a questão por favor corrija a palavra homossexualismo para homossexualidade, soa bem melhor.

  • André disse:

    ESSE CANALHA NÃO SERÁ BEM VINDO AQUI. DEIXA ELE PISAR OS PÉS AQUI. VAMOS COMEÇAR A AGIR! GRUPO MATISES.

  • Alguém que não tem merda na cabeça disse:

    A bancada evangélica acha que pode cuspir na cara da comunidade LGBT de Teresina. Só pode. Marco Feliciano é que mamãe chamaria de FILHO DE CHOCADEIRA, não merece ter gentílico algum! Teresina não pode aceitar esse tipo de afronta. Família é toda aquela onde existe amor. Parem de querer heterenormatizar a sociedade!
    O mesmo texto bíblico que diz que homem não pode deitar com homem diz não se deve comer carne porco. Se for por isso, todos vocês vão pro inferno, junto toda os LGBTs do mundo. Parem de disseminar o ódio e falem de AMOR. Foi pra isso que Jesus veio a Terra!