Jucepi mantém Piauí no ranking dos estados mais céleres para abrir negócios

19/05/2020 - 17:06

Mesmo nesse período da pandemia da Covid-19, a Junta Comercial do Estado (Jucepi) manteve o Piauí no ranking dos estados mais céleres para abrir negócios. Em abril, o tempo total de abertura de empresas foi de até 2 dias e 12 horas, de acordo com o ranking nacional da Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios) elaborado pela Receita Federal (http://estatistica.redesim.gov.br/tempos-abertura). Nesse mês, foram abertas 169 empresas, totalizando 1.511 novas empresas desde janeiro de 2020.

Segundo a presidente Alzenir Porto, o ranking corrobora as decisões acertadas em investir na digitalização e no uso de ferramentas modernas de tecnologia de informação e comunicação. “Na Jucepi, todos os serviços são realizados pela internet no site do Piauí Digital. No caso da abertura da empresa, por exemplo, contamos com o contrato padrão que garante o registro automático 24h por dia, 7 dias por semana e dá celeridade ao processo de formalização de negócios. Além disso, não tivemos dificuldade em colocar nossa equipe trabalhando de casa”, afirma a gestora.

Para elaborar o ranking, a Receita Federal leva em conta os municípios piauienses. “Esse tempo inclui desde a consulta prévia de viabilidade de endereço até o registro de abertura. Portanto, dividimos esse resultado, e agradecemos, com todos os municípios integrantes do Piauí Digital, em especial Teresina, que têm mantido a celeridade nas análises. Os municípios estão ágeis e preparados, por isso acreditamos que é possível sempre mantermos o estado no ranking de abertura de empresas em menos de três dias”, agradece Alzenir Porto.