“O PMDB está definhando e perdendo força”, afirma João Henrique

10/12/2017 - 14:54
João Henrique Souza

João Henrique concluiu em Corrente a primeira etapa de viagens ao interior para defender candidatura do PMDB

O vice-presidente regional do PMDB no Piauí, ex-ministro João Henrique de Almeida Sousa, encerrou na noite de ontem (10), em Corrente (900 quilômetros ao sul de Teresina), a primeira etapa de viagens para defender a candidatura própria do partido ao Governo do Estado em 2018. Em reunião na Câmara Municipal, ele conclamou delegados e presidentes do PMDB em Corrente e municípios da região a abraçarem e defenderem a tese da candidatura própria.

Pouco antes, ao meio dia, o atual presidente nacional do Sesi (Serviço Social da Indústria) já havia se reunido com dirigentes do PMDB de Bom Jesus e municípios da região. Nos dois municípios, condenou a proposta de aliança do PMDB com o Governo Wellington Dias, afirmou que as bases no interior foram relegadas ao esquecimento e pediu apoio para a aprovação da tese de candidatura própria na convenção partidária, marcada para julho do ano que vem.

“O PMDB está definhando e perdendo força porque setores do partido insistem na aliança com o Governo do PT, sem sequer ouvir as bases. Na situação atual, só tem um jeito de o PMDB voltar ser o partido forte e influente que todos nós queremos: é lançando candidato a governador”, disse. O evento em Corrente reuniu presidentes e delegados do PMDB no município e em várias cidades da região, entre elas Curimatá, Parnaguá, Morro Cabeça no Tempo, Avelino Lopes, Santa Filomena, Gilbués, Barreiras do Piauí, São Gonçalo e Monte Alegre.

Entre as lideranças presentes, o vice-prefeito de Corrente e presidente do PMDB no município, Dionísio Nogueira Júnior; o vice-prefeito de Gilbués, Paulo Henrique Nogueira, o Manin; e o ex-prefeito de Curimatá, Reydan Kleber. O prefeito de Corrente, Murilo Ribeiro, do PP, e o prefeito de Gilbués, Leo Matos, do PPL, também compareceram ao encontro. A mobilização das bases em torno da candidatura própria começou em janeiro, com a Caravana Piauí em Movimento, que percorreu as 15 maiores cidades do Piauí com palestras e debates sobre o país e a conjuntura política e econômica do Estado.

Com Alckmin no comando, PSDB iniciou hoje sua corrida presidencial

09/12/2017 - 12:45

14ª Convenção Nacional do PSDB. Brasília, 09/12/2017 – Foto Orlando Brito

Fora do Governo o PSDB iniciou hoje, com a convenção nacional do partido, a sua corrida presidencial. Com 470 votos a favor e 3 contra o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, foi eleito o novo presidente nacional do ninho tucano. Em seu discurso o presidenciável falou da necessidade de fazer o Brasil voltar a crescer. E a era Aécio chega ao fim com vaias que o fizeram ficar por apenas 40 minutos no evento.

“Temos que fazer o Brasil voltar a crescer. Nós sabemos como chegar lá. Com políticas públicas e não marketing. O PSDB é um instrumento da modernização do Brasil, do Brasil que nós queremos, de uma agenda competitiva, uma agenda moderna, do século 21. Temos que prosserguir a inovação de forma obsessiva. Já passou da hora de tirar o peso do estado ineficiente das costas dos trabalhadores e empreendedores.”

Embora Alckmin seja um nome de conciliação na disputa travada entre Tasso Jereissati e Aécio Neves, a tese de desalinhar-se do Governoo Temer parece ter vencido,embora os tucanos digam que apoiarão as reformas que serão benéficas ao país. Veremos.

A convenção acontece em Brasília.

2018 pode repetir disputa de 2016 quando o tucano enfrentou Lula e conseguiu chegar ao segundo turno. O primeiro turno terminou com Lula recebendo 48,61% dos votos e Alckmin com 41,64%, á no segundo turno Lula obteve 58.295.042 votos (60,83% dos votos válidos), contra 37.543.178 (39,17%) de Geraldo Alckmin.

Piauí recebeu mais de 94 milhões na gestão do atual ministro da saúde

08/12/2017 - 15:00
Crédito: Erasmo Salomão

Crédito: Erasmo Salomão

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, esteve hoje(8) em Teresina. Foi acompanhado pela governadora em exercício, Margarete Coelho, do Progressistas, o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do partido, pelo prefeito Firmino Filho (PSDB) e presidente da FMS (Fundação Municipal de Saúde), Silvio Mendes, além da deputada federal Iracema Portela, dos deputados Mainha Marcelo Castro, Paes Landim e do senador Elmano Férrer. A única liderança expressiva do PT a participar da agenda foi o presidente da APPM, o prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos.

Desde o início da gestão de Barros o Piauí foi contemplado, em 2016 com R$ 94,34 milhões, sendo R$ 6,84 milhões para habilitar serviços/leitos que funcionavam sem contrapartida federal ou qualificar serviços com ampliação do custeio e R$ 87,5 milhões referentes a emendas parlamentares. Já em 2017, foram liberados até agora R$ 271,24 milhões, sendo R$ 7,76 milhões para custeio de serviços e R$ 263,48 milhões referentes a emendas parlamentares.

Em Teresina, o ministro participou da ação “Sexta sem Mosquito”, no Parque Lagoas do Norte. A visita foi parte da mobilização nacional de combate ao Aedes. Barros assinou convênio com a FMS que autoriza o repasse de R$ 2,62 milhões para a construção e compra de equipamentos do Centro de Atenção à Saúde da Mulher, no Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo.

Da capital o ministro seguiu para Parnaíba onde visitou o hospital Dirceu Arcoverde, o ministro visitou a agência transfusional, criada com recursos próprios, que vai estocar o sangue do hospital e duas salas cirúrgicas equipadas com mesa cirúrgica, carro anestésico e monitor. Foram investidos mais de R$ 500 mil na aquisição dos equipamentos, de recursos do Ministério da Saúde e tesouro estadual. O hospital Maternidade Marques Basto, que terá um acelerador linear a partir de recursos conveniados com o Ministério da Saúde, oferece assistência oncológica e é habilitado como Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON). A Maternidade Marques Basto e Hospital Infantil Dr. Mirócles Veras recebeu, em 2017, R$ 90.2 mil por ano de incentivo.

Ministério deve liberar R$ 70 milhões para obra de drenagem em Teresina

07/12/2017 - 16:17

05 11 2017 - Henrique Pires Brasília Firmino Filho 2

O secretário nacional de Saneamento Ambiental Henrique Pires e o prefeito Firmino Filho (PSDB) estiveram reunidos em Brasília para discutir a viabilidade da liberação de recursos no Orçamento Geral da União (OGU) para as obras de drenagem do bairro Portal da Alegria, na zona sul de Teresina.O investimento prospectado para a conclusão das intervenções na região é de R$ 70 milhões.

A obra deverá melhorar as condições de habitação da população da região. O projeto apresentado pela Prefeitura ao secretário nacional prevê a construção de três piscinões, de galeria fechada e galeria aberta. “Estivemos reunidos com a Prefeitura de Teresina e verificamos a importância dessas obras, vamos fazer o possível para concretizá-las. O projeto de drenagem do Portal da Alegria promete beneficiar cerca de 8 mil famílias”, pontou Henrique Pires.

O secretário nacional de Saneamento Ambiental reiterou a atenção especial dada pelo presidente da República Michel Temer às necessidades dos municípios, o que inclusive, culminou no lançamento do programa ‘Agora, é Avançar’ que apenas no Piauí prevê investimentos de R$ 2 bilhões até o final do ano que vem.

Decisão obriga Estado e municípios a revelarem empresas e veículos de locação

07/12/2017 - 15:18

TCE
O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) aprovou na sessão de hoje (7) uma proposição que obriga Estado e municípios piauienses a fornecerem ao órgão a relação de todas as empresas com contratos de locação de veículos com órgãos estaduais e municipais, com nome, razão social e CNPJ, assim como a lista dos veículos locados e eventualmente sublocados. Durante a discussão da matéria, o conselheiro-substituto Jaylson Campelo observou que a proposta contempla uma das modalidades de negócio – locação de veículos – cujas despesas mais têm crescido no âmbito da administração pública, o que, para ele, justificava plenamente a sua aprovação.

Os dados devem ser disponibilizados em planilha no Sistema Documentações Web, no prazo de 30 dias, a partir da publicação da decisão, não contado o período de recesso Natalino. A obrigatoriedade inclui os órgãos do Estado e as prefeituras e Câmaras Municipais.

O procurador-geral do Ministério Público de Contas, Plínio Valente, por sua vez, propôs que fosse acrescentado à decisão a obrigatoriedade de os órgãos relacionarem também todas as empresas participantes de licitações no serviço público – as vencedoras, as perdedoras e também as subcontratadas para executar os serviços ou fornecer os produtos. Justificou que muitas vezes as empresas entram nas licitações apenas para dar cobertura às vencedoras, configurando uma prática corriqueira de fraude.

A proposição foi aprovada por unanimidade pelos conselheiros presentes à sessão, com o acréscimo proposto pelo representante do Ministério Público de Contas.

Margarete Coelho representa o Piauí no encontro de governadores

06/12/2017 - 15:40

Margarete Coelho

Registro dos governadores do Nordeste durante o encontro “Nordeste 2030 – Desafios e caminhos para o desenvolvimento sustentável” em Fortaleza. O encontro ocorreu no Centro Administrativo Presidente Getúlio Vargas (CAPGV), sede do Banco do Nordeste. Na foto, além dos governadores aparece o presidente do Banco do Nordeste, Marcos Costa Holanda e do vice-presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro, os ministros do TCU José Múcio Monteiro, Augusto Nardes, Benjamin Zymler e o ministro substituto Marcos Bemquerer.